quarta-feira, 11 de maio de 2011

PRÍNCIPE PAVLOS DA GRÉCIA RECEBIDO PELO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTIAGO DO CACÉM.

O Príncipe Pavlos da Grécia e da Dinamarca, Duque de Esparta foi recebido no sábado passado, dia 7 de Maio pelo Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém.
Pavlos da Grécia esteve em Santiago do Cacém para entregar o Prémio Internacional Terras sem Sombra 2011 tendo sido recebido pelo autarca na Sala de Sessões do Município numa cerimónia onde esteve também o Presidente da Assembleia Municipal, Ramiro Beja e o executivo municipal.
O Presidente da Câmara sublinhou a que “é com grande honra e satisfação que Santiago do Cacém voltou mais uma vez a fazer parte da rota do Festival Terras Sem Sombra – o Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo”, reforçando que “Santiago é um município voltado para o seu património histórico, para o seu património cultural e nos últimos anos temos vindo a intensificar um caminho que se pretende de uma crescente valorização cultural do nosso património”.
Vítor Proença acrescentou que “o dia de hoje assinala mais um momento de enorme importância histórica e cultural para o município de Santiago do Cacém”.
O Príncipe Pavlos da Grécia e da Dinamarca agradeceu a recepção da Câmara Municipal, referindo que “é a primeira vez que está em Santiago do Cacém” manifestando-se ainda feliz pela deslocação ao Alentejo.
No final da recepção o autarca ofereceu ao Príncipe uma salva de prata do Município.
A comitiva seguiu depois para a Igreja Matriz de Santiago Maior para a cerimónia de entrega do Prémio Internacional Terras sem Sombra 2011. A cerimónia organizada em conjunto pelo Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja e pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém teve como objectivo a entrega de 3 prémios: à Soprano norte-americana Cheryl Studer, à Pontifícia Accademia Romana Di Archeologia e ao Prof. Mário Ruivo.
Na Igreja Matriz e na presença de outras personalidades como SS.AA.RR., Os Duques de Bragança, Dom Duarte Pio de Bragança e Dona Isabel de Bragança e o Núncio Apostólico em Portugal, Monsenhor Rino Passigato que visitou Santiago do Cacém pela primeira vez, o autarca de Santiago do Cacém e anfitrião fez o discurso de boas vindas.
O Presidente da Câmara recordou que “em 2007, atendendo ao vínculo plurissecular de Santiago do Cacém à Ordem Militar de Santiago de Espada e ao caminho meridional de Sul para Compostela, iniciámos um processo de valorização cultural do município, com especial ênfase para a pretensão em colocar Santiago do Cacém na rota oficial do Caminho de Santiago, contando para isso com o decisivo apoio e cooperação da Junta da Galiza, do Xacobeo, S.A. e do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja”, adiantando que “neste percurso assinámos um acordo de geminação com Santiago de Compostela para uma estreita colaboração tendo em vista o crescente bem-estar social, com acções conjuntas e projectos comuns que promovam o intercâmbio cultural, turístico e económico entre os dois territórios”.
O autarca referiu ainda que “é neste contexto que faz todo o sentido que Santiago do Cacém esteja uma vez mais fortemente ligado ao Festival Terras Sem Sombra, que desde 2003 nos presenteia com espectáculos de inegável qualidade em importantes igrejas históricas, construindo uma riquíssima ponte entre a música e o património religioso edificado”.Os Galardoados com o Prémio Internacional Terras sem Sombra 2011 foram:
Música – Soprano Cheryl Studer (Estados Unidos da América), uma das vozes mais importantes da cena musical contemporânea, cantou nos principais teatros líricos do mundo inteiro e possui vasta discografia; são célebres as suas interpretações de obras de Richard Strauss e Richard Wagner.
Património Cultural – Pontifícia Accademia Romana Di Archeologia (Cidade do Vaticano). Instituição fundada no tempo da ocupação napoleónica de Itália e que cumpriu dois séculos de actividade científica em 2010, sendo uma referência no âmbito da Arqueologia e da História da Arte.
Salvaguarda da Biodiversidade – Prof. Mário Ruivo (Portugal). Pioneiro de renome internacional no âmbito da oceanografia.

video

2 comentários:

Maria Teresa Sousa e Silva disse...

Uma iniciativa muito digna da diocese de beja e do Exmo. Director Prof. Doutor Jose Antonio FALCAO, que contou com o apoio da comunidade local. Participei e apreciei muito.

Maria Menezes disse...

Obrigada pela sua visita. Bem haja! Infelizmente não me foi possível estar presente mas devia ter sido uma cerimónia muito bonita.