sábado, 27 de março de 2010

A NOSSA ESPERANÇA AO VENTO
Não é contra nada nem contra ninguém, não é nem bandeira de um partido nem de uma ideologia: é um símbolo nacional e nela se revêem todos os Portugueses. Hoje, após 100 anos de ausência, voltou triunfante e abraçou Lisboa. Não houve vandalização ou ultraje à bandeira do regime em vigor, não houve provocação nem se violou lei alguma. Subiu e parou a meia haste, como se pedisse aos Portugueses um momento de recolhimento e meditação e lhes lembrasse o difícil transe de luta pela sobrevivência em que esta comunidade se debate. Foi um apelo à unidade e à reconciliação nacional.
Fonte: COMBUSTÕES

4 comentários:

Brasil Empreende disse...

Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem de hoje: Caso Nardoni, chega ao fim...
Sua visita será um grande prazer para nós.
Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
Atenciosamente,
Sebastião Santos.

Nuno Castelo-Branco disse...

Marias, ontem à tarde, num café perto de casa, estava a tv a transmitir o jornal da tvi24. Quando passou o video da Bandeira, uma mulher , contentíssima com o que via, desatou a cantar a "Cantiga da Rua" . Soou muito bem, quase a hino revolucionário. As pessoas que lá estavam surpreenderam-se, mas logo a seguir sabe o que sucedeu? Uma grande salva de palmas.

Maria Menezes disse...

Ó Nuno, quase que imaginei essa cena do café. Achei um espanto ao "cantigas da rua"...
Carbonara ao som dessa cantiguinha deve saber melhor ainda...

Diogo Campos disse...

Alguém sabe onde posso arranjar esse vídeo?!? Agradecia.