domingo, 28 de dezembro de 2008

MESTRE H. MOURATO, DR. HENRIQUE TIGO, RECEBENDO AS COMENDAS DAS MÃOS DE S.A.R., DOM DUARTE PIO DE BRAGANÇA Mestre H. Mourato
Realizou-se no encantador e místico Castelo de Ourém, mais uma semana importante semana cultural, dedicada as Comemorações dos 90 anos da Beatificação do Beato Nuno de Santa Maria, que contou com seminários, debates e uma lindíssima exposição organizada pelos dois artistas H. Mourato e Henrique Tigo.Exposição essa em que alguém disse: -“Que é através da pintura que o mundo se iluminava”. Da pintura sabem os pintores e sempre foi assim desde o início da cor e da forma, da tonalidade e da luz, e ao contemplarmos a arte de H. Mourato e Henrique Tigo encontramos génio humano sua inspiração arte e beleza, contempladas nesta exposição sobre o Santo Contestável a fé humana em Deus e neste Santo/Herói nacional. Assim, a arte dentro destes artistas é o desejo afiado de professar a sua fé e busca do criador, de todas as coisas.Esta Exposição foi visitada por todas as idades e culturas confirmando assim o poder majestoso de D. Nuno Alvares Pereira.
Dr. Henrique Tigo
S.A.R., O Duque de Bragança Dom Duarte Pio de Bragança resolveu atribuir ao Mestre H. Mourato e ao Dr. Henrique Tigo, o título de Comendador da Real Ordem de São Miguel de Ala, (é uma Associação de fiéis Católicos, herdeira das tradições e símbolos da antiga Ordem de Cavalaria Portuguesa dedicada a São Miguel e fundada, segundo a tradição, pelo primeiro Rei de Portugal, D. Afonso Henriques, depois da tomada de Santarém aos Mouros, em Festa de São Miguel do Monte Gargano, 8 de Maio de 1147. A Ordem de São Miguel da Ala é hoje uma irmandade que servem os interesses do sucessor do Trono, chefiada pelo S.A.R. Dom Duarte de Bragança).
Comendador é alguém que recebeu uma comenda, isto é um benefício que antigamente era concedido a eclesiásticos e a cavaleiros de ordens militares, mas que actualmente costuma designar apenas uma distinção honorífica, no caso dos nossos conterrâneos Mestre H. Mourato e Dr. Henrique Tigo, foi pelos seus méritos artísticos, assim como pelas e actividades humanitárias que têm realizado ao longo de décadas.Poucos têm este privilégio de serem distinguidos com esta importante Comenda que no passado dia 6 de Novembro de 2008, foi entregue aos dois ilustres artistas por sua S.A.R., Dom Duarte Pio de Bragança no Castelo de Ourém, numa singela cerimónia. Os nossos sinceros Parabéns aos senhores Comendadores.
Texto: Orlando Fernandes (Jornalista)
Fonte:
http://www.joaquimevonio.com/ntitulosdecomendadores.html

3 comentários:

FLV disse...

Boa tarde...sugeria retirar esta noticia, visto estes senhores serem uns burlões, que utilizam titulos, um deles inexistente e o outro extinto e em outra família.
É pena que SAR D Duarte apareça ligado a esta gente, concedendolhes esta distinção....

Niko Rocha disse...

Cordiais saudações.
Pesa-me na alma que tenha de concordar integralmente com o comentário acima e acrescentar que me foge à lógica como estas duas personagens conseguem, até hoje, andar de cabeça erguida sem que ninguém os denuncie.
Subscrevo "É pena que SAR D Duarte apareça ligado a esta gente, concedendo-lhes estas distinções".

Francisco Rocha

Peregrino da Luz disse...

Não conheço este senhor Niko Rocha de parte alguma - e, diga-se, em abono da verdade, atendendo o insultuoso uso trapaceiro da sua linguagem - também não desejaria conhecê-lo – Assino, no meu site por peregrino da luz mas sou jornalista, o meu nome é Jorge Trabulo Marques - Todavia, tenho o prazer de conhecer - e de há muito – e até de entrevistar para a então RDP-Rádio Comercial - quer D. Duarte Pio de Bragança - , quer o mestre H. Morato, bem como o seu filho, poeta, pintor e escritor - Acho justíssima a atribuição da referida distinção. De recordar que, entre outras obras artísticas, de que é autor o Mestre Morato, de sublinhar o gesto generoso que teve ao oferecer as pinturas para os painéis da extinta Adega Cooperativa de Vila Nova de Foz Côa – mesmo vendida, creio que ainda se lá mantêm na fronte principal do edifício, bem como para a Cooperativa dos Olivicultores de Foz Côa. Esse dito Niko da Rocha, além de provocador, revela baixeza de carácter, ao proferir insultos de forma tão leviana e gratuita. Dou, pois, os meus parabéns a D. Duarte pela atribuição de tão justa distinção, desejando-lhe as maiores felicidades.