segunda-feira, 15 de setembro de 2008

DUAS VISÕES COMPLETAMENTE DIFERENTES
Presidente de Portugal dedicou o dia de sábado (13 de Setembro 2008), a visitar o Interior Transmontano, quase um mês depois de Dom Duarte ter visitado a mesma região num contexto de projectos definidos pelos grupos de trabalho do IDP (Instituto da Democracia Portuguesa). Dom Duarte acentua as vantagens do empreendedorismo, da descriminação fiscal positiva no interior como um dos meios de fomento económico e de incentivo à deslocalização dos meios de produção, de Lisboa para as várias regiões do interior, por forma a promover o verdadeiro aumento do nivél de vida, não por um virtual aumento de estruturas e potencialidades (que por serem demasiado escassas, longinquas ou caras na manutenção tornam-se a curto prazo em estruturas sub-utilizadas e onerosas para o escasso orçamento autarquico), mas pelo aumento de empresas e postos de trabalho que possibilitem o aumento da iniciaita privada (empreendedorismo) e o crescente acesso a bens de consumo.Tendo como objectivo a Equidade Nacional e a partilha de beneficios económicos.
Claramente afastado desta perspectiva o P.R. pautou-se pelo problema da delinquência, droga, cultura e outras matérias que sendo relevantes em Lisboa, nada dizem às populações do interior, além de ser um modelo altamente ineficiente.
As últimas acções do P.R., tem-se destacado o acentuado carácter partidário do cargo de Presidente, como se de um contrapeso directo ao Governo se tratasse. De facto os discursos e perspectivas de Dom Duarte e do P.R., relativamente ao interior, foram assaz diferentes:
Dom Duarte de Bragança já visitou cerca de 170 concelhos. É das personaldiades com mais conhecimento do chamado "País Real".
Mais informações: SomosPortugueses.com - Blogue Causa Monárquica http://www.somosportugueses.com/modules/news/article.php?storyid=1152 - http://www.causa-monarquica.tk/

2 comentários:

VIVA O REI disse...

O Presidente devia era por a viola no saco ir cantar para Espanha e deixar as opiniões para SAR que já conhece o Pais há mais tempo do que ele, ou qualquer outra "couve" oriunda de S. Bento


bem haja

O Conjurado disse...

O actual clima entre dois dos principais orgãos de soberania da república, é um sinal inequívoco de que apenas resta aos monárquicos de avançar para a praça pública com evidentes argumentos para a mudança que o nosso regime necessita!

Faço um apelo para que a Direcção da Causa Real, não deixe de evidenciar tudo isto, neste preciso momento, com acutilância e irreverência...!

Basta de termos "dia-sim, dia-sim" nos noticiários imagens e declarações de chantagem entre dois orgãos que deveriam ser cooperantes entre si, mas que nada mais representam senão, a dicotomia que é o PSD e o PS no poder!

MONÁRQUICOS FAÇAMOS QUALQUER COISA!

LIBERTEMOS PORTUGAL!

VIVA A INSTITUIÇÃO REAL!

VIVA A CONJURA!